Detran entrega certificado para 261 alunos do curso teórico de direção

Os estudantes do Ensino Médio não precisarão pagar por aulas teóricas em autoescolas

(Brasília, 15/12/2017) – A Diretoria de Educação de Trânsito do Detran-DF realizou, na manhã desta sexta-feira (15), uma cerimônia no Auditório do órgão, para entrega dos certificados aos alunos concluintes do Curso Teórico de Obtenção de Permissão para Dirigir Veículos Automotores.
Entre abril e novembro de 2016, o Detran capacitou os professores de Ensino Médio das escolas que aderiram ao programa, com o curso de Instrutor de Trânsito. Além disso, os professores da Escola Pública de Trânsito também ministraram aulas teóricas de direção veicular para os alunos de algumas das instituições.

O projeto teve início nas salas de aula no dia 5 de setembro de 2016, quando os estudantes estavam no segundo ano e foi concluído entre agosto e novembro de 2017. Os alunos tiveram o dobro da carga horária da formação convencional num Centro de Formação de Condutores. No CFC são 45 horas/aula e, no curso realizado na escola, foram 90horas/aula. Por causa dessa amplitude, os professores puderam aprofundar os conteúdos teóricos de trânsito.

Projeto gratuito
As escolas que aderiram ao projeto foram o CED 14, de Ceilândia, CED 2, do Guará, CED 3 de Sobradinho e Colégio Maxwell. Na prática, os alunos que concluíram as aulas teóricas de direção veicular em sala de aula não precisarão fazê-las numa autoescola, porém, deverão passar pelo processo de exame médico e psicotécnico, prova teórica, aula com simuladores e em trânsito e prova prática. Todo o curso foi oferecido de graça de pelo Detran.

O diretor-geral do Detran-DF, Silvain Fonseca, destacou a proatividade do Departamento de Trânsito do Distrito Federal: “O Detran propôs o projeto para as escolas do DF, apesar de a Resolução 265/07 do Contran não prever a obrigatoriedade do órgão em procurar pelas instituições. Mas o nosso objetivo é ampliar a educação para o trânsito principalmente nas escolas, por isso, fizemos o convite a todas unidades de ensino do DF. As que aderiram estão colhendo os frutos hoje.”

Para o gerente da Escola Pública de Trânsito, Rokmenglhe Vasco, a formação dos condutores durante o Ensino Médio possibilita ampliar a discussão sobre a segurança no trânsito: “Fazer com que os alunos reflitam sobre o seu comportamento nas vias é um desafio. Mas por outro lado, é nosso dever envolver a comunidade escolar nas discussões sobre um trânsito mais humanizado. E isso se aprende desde cedo, antes de se tornar, de fato, um condutor”.

O passo a passo para o aluno
Os 261 alunos do Ensino Médio que concluíram o curso deverão seguir os seguintes passos: escolher uma clínica credenciada ao Detran para abrir o processo e realizar os exames médico e psicoténico; ir à Escola Pública de Trânsito, na 906 Sul, com o certificado e o processo que foi aberto na clínica, para a inclusão do curso no sistema; escolher um Centro de Formação de Condutores para fazer aulas no simulador; voltar à EPT para marcar a prova teórica – se aprovado, procurar um CFC para realizar as aulas práticas de direção, se reprovado, procurar uma autoescola para fazer as aulas teóricas novamente; depois, realizar as aulas de direção e a prova prática. O certificado não tem prazo de validade, mas o prazo para concluir o processo é de 12 meses. Para abrir o processo o aluno deve ter mais de 18 anos.

Os comentários estão fechados.